Trattoria dei 13 Gobbi – Firenze

Um dos restaurantes que mais gostei de conhecer nas últimas idas à Itália, sem dúvidas, foi a Trattoria dei 13 Gobbi em Firenze (Florença).
A atmosfera italianíssima (você não dá nada na entrada!) e a decoração mais criativa, estilosa e envolvente de todas, super bem cuidado.
Quem procura um trattoria com comida bem típica (e preço de trattoria $) porém em um lugar mais sofisticadinho, aqui é a pedida. Fui para almoçar e também não deixa de ser despretensioso não, viu?! Sem frescuras, mas vi muita gente local de classe média.
Amei, amei, amei e vou voltar todas as vezes que visitar esta cidade que desta vez, confesso, me deixou apaixonada…

Vejam só:

foto 1-218
A entrada é esta portinha, em uma ruela bem escondida… Italianices, amo!!!

foto-1331
A decoração traz um astral delicioso. As paredes todas com caixas de vinhos e móveis bem diferentes, com cadeiras hiper coloridas, muitos objetos pendurados e luz natural no salão

foto 1-219
Confesso que as fotos não reproduzem nem 10% da beleza do local, mas reparem as cadeiras todas diferentes…

foto 5-166

foto 2-223
O menu

No menu, aqui se come tipicamente a gastronomia fiorentina e Toscana. Na dúvida, peçam opinião dos atendentes sobre o que mais sai e, minha regra número UM: nunca vão nos pratos com massa seca, peçam as “massas frescas” ou “pasta fresca”, aqui virou uma exceção pois o prato mais falado e mais pedido é um rigatoni de-li-ci-o-so com molho de tomate e queijo derretido que vem em uma espécie de cambuca. Fui inclusive na cozinha ver o preparo e filmei para o instagram (@BlogLaMiaDolceVita e na hashtag #lmdvnaitalia).

foto 3-205
Rigatoni 13 Gobbi – não deixem de pedir!

foto 4-178
Reparam no queijo derretido?! Rss. Gente, e a louça toda pintada à mão?! Apaixonante! Esta aqui é uma porção menor que a normal pois pedi também um segundo prato, então sugiro isto para quem não come muito: dividir a massa oiu pedir meia porção e não deixar de pedir outras especialidades #ficaadica Quem come bem pede tudo inteiro, tá?!

foto 4-177

foto 2-225
Um dos pratos mais tradicionais que não podem deixar de comer em Firenze (tem em vários restaurantes) é a Bistecca alla Fiorentina. Um pedaço enorme de carne feiro na brasa para comer MUITO mal passado.  É gostosa, claro, mas para um bom brasileiro que é acostumado com um belo churrasco, não vale a compração, ok?! Rss… A qualidade da carne brasileira é imensamente melhor que a italiana, sem críticas, é uma questão natural da terra e gado mesmo

foto 3-206
Esta da foto é a “Tagliata di Manzo”: ela vem cortada e é menor que a tradicional Bistecca

foto 2-224
E lá fomos conhecer a cozinha… Esta é a peça de Bistecca

Os acompanhamentos, bem tradicionais:

foto 1-220
Funghi fritti – funghi porcini frito!

foto 4-179
Fagiolo bianco, para comer assim com azeite de oliva. Para eles é uma “salada”

foto 5-164
Fior di Zucchine – flor de abobrinha frita, amo!

foto 3-204
Este foi o vinho que tomei – pedi apenas uma taça pois era verão e almoço, mas não podia deixar de tomar um tinto com esta comida maravilhosa, né?!

foto 5-167

Espero que tenham gostado da dica e não deixem de ir, com certeza vão amar.
O preço depende da quantidade de pratos e vinho, claro, mas dá para gastar na faixa de 30 euros comendo primeiro prato, segundo prato e uma taça de um bom vinho! Vale à pena gastar um pouquinho a mais pela qualidade e ambiente.

Trattoria dei 13 Gobbi faz parte de uma rede de restaurantes chamada Casa Trattoria, que descobri depois, é a mesma onde pertence uma outra trattoria que eu amo aqui na cidade, a Marione.
Vejam mais detalhes e dicas de Firenze que dei há um tempo atrás AQUI.

Trattoria dei 13 Gobbi $$
Via del Porcellana, 9R – FIRENZE
Tel: (+39) 055 284 015

Spaghetti caseiro com molho de cogumelos

Preparar massa fresca em casa é uma diversão, charmoso e uma delícia, claro. Para aproveitar o friozinho que faz no sul, a receita é fácil. Em caso de querer praticidade, vá de spaghetti pronto, seco ou outra massa fresca.
A receita do molho é básica, para ser usada com vários outros ingredientes além do cogumelo, como lingüiça, por exemplo.

1728

Rendimento 6 a 8 porções Tempo de preparo 1 h 20 min

Ingredientes:
Massa

1 kg de sêmola de trigo duro + 500 g para manipulação; 6 ovos; 200 g de pimenta dedo-de-moça.

Molho
50 g de manteiga sem sal; 50 g de farinha de trigo; 600 ml de leite; 300 g de champignons fatiados; sal e queijo parmesão ralado a gosto.

Modo de fazer:
Massa
Bata as pimentas no processador ou no liquidificador. Quando estiverem bem batidas, peneire o conteúdo e jogue fora as sementes.
Forme um montinho de farinha em uma superfície lisa e faça um furo no meio. Quebre os ovos sobre o furo, para misturar bem osingredientes. Sove bem a massa com as mãos, acrescentando a pimenta já peneirada. Depois de sovar bem por 15 minutos, deixe a massa descansar por outros 15 minutos. Cubra-a com um pano seco. Separe a massa em bolinhas do tamanho do punho. Passe a massa por uma máquina própria para fazer espaguete, mantendo os fios com até 40 cm de comprimento. Deixe a massa cortada descansar por 20 minutos. . Cozinhe em água abundante e fervente por 5-7 minutos, de acordo com sua preferência. Reserve.

Molho
Derreta a manteiga na panela. Em fogo médio, adicione a farinha de trigo, mexendo até virar uma pasta. Acrescente o leite aos poucos. Deixe levantar fervura e engrossar um pouco, mexendo com um fouet para não empelotar (caso o molho fique embolotado, bata no liquidificador e volte para a panela).
Em fogo baixo, coloque os champignons e deixe cozinhar por 5-10 minutos. Salgue a gosto. Sirva sobre o espaguete salpicado de parmesão.

Due Cuochi

Um restaurante italiano em São Paulo que eu adoro é o Due Cuochi, em especial a casa do Shopping Cidade Jardim – une o útil ao agradável – que fica no terraço e tem mesas ao ar livre deliciosas. Sempre vou no almoço e os horários de pico têm sempre um pouco de espera…
Desta última vez pedimos vários pratos e estavam todos deliciosos. Recomendo!

DUECUOCHI_TBF_6168

due-cuochi-shopping-cidade-jardim-51
O ambiente

due-cuochi-Jardim_bx_tadeu-brunelli_pi
área externa

Fundado em 2005, o Due Cuochi Cucina é sucesso de público e crítica desde o início de sua história. A casa, sob comando da restauratrice Ida Maria Frank, ostenta duas estrelas pelo Guia 4 Rodas, e foi eleita Melhor Restaurante Italiano pela Veja São Paulo por quatro anos consecutivos – 2006, 2007, 2008 e 2009 -, pela revista Gula em 2007 e 2008, pela revista Go Where Gastronomia, também em 2008, e pela revista Prazeres da Mesa em 2009.

Em 2008, o Due Cuochi Cucina ganhou uma filial no Shopping Cidade Jardim. Com personalidades distintas, as duas casas oferecem ao público o melhor da cozinha italiana moderna, além de receitas autorais. Desde novembro de 2011, o chef executivo é o italiano Giampiero Giuliani, que é assistido pelos chefs David Mauricio e Acelino Oliveira, no Cidade Jardim, e Cido Silva, no Itaim Bibi.

A decoração contemporânea e aconchegante e o atendimento, que une atenção e profissionalismo em doses exatas, também contribuem para manter o nome Due Cuochi Cucina entre os melhores restaurantes do gênero em São Paulo.

foto 1-133
O couvert

foto 4-105
Gnocchi de mandioquinha com tiras de filé mignon

foto 3-117
Carbonara

foto 2-133
Tortellini de costela com polenta e açafrão