Pop Up em Paris

Por Glamurama…

De viagem marcada para Paris? Então é bom se programar para conhecer o pop up restaurante que o Hôtel Plaza Athénée acaba de lançar. Batizado de Les Bancs d’Hiver, o restô tem data para começar a funcionar e encerrar as atividades: desta terça-feira, até o dia 10 de março. Localizado numa pista de patinação no gelo, a experiência começa com uma taça de vinho tinto quente, e em seguida, os hosts – todos usando roupas do estilista Jean-Charles de Castelbajac -, levam os clientes para as mesas.

O menu fechado custa 120 euros, e entre os pratos serão servidos sopa de castanha, queijos especiais, pêras assadas e vinho branco. O restaurante fica aberto todos os dias a partir das oito da noite, e é bom fazer reserva, pois há apenas dez mesas por noite!


Imagem: Giulia Librizzi

Festa sem desastre #2

Continuando a matéria sobre como organizar uma festa. Vendo todos os ítens: arrumação, escolha do local, bebidas, comidas, etc…
Veja a matéria anterior aqui!

3. Acerte os ponteiros –
Se o convite é para às 20h ou 21h, subentende-se que será servido um jantar, certo? Caso a ideia for fazer uma balada, marque encontro para depois dàs 22h. Assim, ninguém vai chegar faminto e você poderá oferecer apenas aperitivos, como quieijos, castanhas e frutas secas.

4. Seja fiel ao seu estilo –
Quem tem um estilo clássico dificilmente vai se sentir bem numa roupa moderna, não é? O mesmo vale para a casa: o decor da festa tem de seguir alma do lugar.

5. Um para todos –
A infraestrutura é caseira e os convidados são muitos? Evite cardápios com finalização em pratos individuais. “Para mais de 20 pessoas, pense em pratos únicos, como lasanha, bacalhoada, assados, quem no forno à espera dos convidados”, sugere a jornalista Chris Campos.

6. Um passo à frente – 
Adiante o que for possível. Faça croutons na véspera, rale os queijos, prepare o molho de carne (que ficará até mais gostoso). Deixe para acrescentar ervas e pimenta-do-reino no dia. Caldas e sobremesas também podem ficar prontas na geladeira. É loucura deixar para fazer tudo no dia. O segredo é deixar para finalizar os pratos somente no dia, como dourar as tortas salgadas congeladas, confeitar o bolo…

7. Frio bom – 
Se não tiver aparatos para esquentar a comida, como réchauds, invista em pratos frios, como saladas, tortas, quiches, cuscuz marroquino ou o tradicional cuscuz paulista.

8. Atenção às minorias – 
Vegetarianos, alérgicos, intolerantes e lactose… Para ninguém passar fome, pergunte antes se os convidados têm restrições alimentares ou providencie curingas para servir no dia.

Fonte: revista Casa&Comida

Kit Kat tarte

Quem aqui – também – ama Kit Kat?! A boa dica que vi nesta foto é a seguinte: para finalizar uma torta ou até mesmo bolo comum, junte várias peças do chocolate na lateral do bolo (ele deve estar com algum creme ou geléia para grudar, como doce de leite, por exemplo). Para não correr risco de desabar, coloque uma fita ao redor, que já fica um charme! Cubra com muuuuita cobertura e guloseimas! Quem não quiser deixar tão infantil, basta uma cobertura só de chocolate ou merengue branco.
Bom para fazer em aniversários e quem sabe até no almoço de Páscoa.

Falando em Kit Kat, quando eu estava em Londres descobri uma delícia que fiquei viciada! Sempre que queria um chocolate procurava um que fosse 70% cacau ou mais, e, até que encontro isto:

Eu, particularmente, acho ainda mais gostoso que o original! Ah, não sei se tem por aqui. Alguém já viu? Caso não, encomendem para os amigos viajantes righ now!!!